O Servo de Deus,T S Benedict Daswa.

Tshimangadzo Samuel Benedict Daswa (Bakali)

nasceu em Mbahe Village, Província de Limpopo, África do Sul em16 de junho de 1946, o mais velho de cinco filhos.

Ele nasceu no clã Bakali do tribo dos lembas e os pais deram lhe um nome comum na tribo Venda, Tshimangadzo, que significa ‘Milagre’ ou ‘Maravilha’.

Em 21 de abril de 1963, foi batizado na religião católica. Ele adotou a maxima de São Bento, seu santo padroeiro, “orar e trabalhar”.

Foi educado para ser professor de escola primária e mais tarde em 1977, tornou se diretor da Escola Primária de Nweli. Ele conduziu o corpo docente da escola, do qual foi diretor com sabedoria e integridade. A relação com os seus alunos foi motivada pelo amor, encorajando-os a ser independentes e auto-suficientes.

Em 1980, Benedict Daswa casou se com Shadi Eveline Monyai. Foi um marido amoroso e um bom pai para seus oito filhos. Era pratica da familia orarem juntos todos os dias.

Como Catequista voluntário, Benedict Daswa ajudou a evoluir a Comunidade da Igreja. Quando o padre efetivo nãoestava disponível, ele conduzia os Cultos da igreja. Ele tinha um amor especial pela juventude, incentivando os a viver uma vida boa e produtiva e para serem fortes na sua fé.

Ele também dedicava uma atenção sã e especial pelos doentes, os mais vulneráveis e os prisioneiros. Deu livremente os seus recursos para ajudar todos os necessitados.

Benedict Daswa era um líder de gema e ocupou o cargo de Secretário na vila tipical africana, de Headman’s kraal. Ele foi respeitado pela sua honestidade e integridade e pelo seu respeito pela verdade e humildade.

Benedict Daswa adotou uma posição forte contra a feitiçaria, porque isso era contra os principios da Igreja Católica. Pessoas inocentes e vulneráveis eram muitas vezes acusados de serem feiticeiros e na consequencia, eram assassinados. Para Benedict Daswa, a vida era sagrada e deveria ser sempre respeitada e protegida.

Ele também rejeitou o uso de ‘muti’ ou medicamentos para a proteção contra o mal ou para o sucesso de negócios, desportos ou de outras atividades.

Ele foi brutalmente assassinado porque se recusou a contribuir para uma coleta para pagar um adivinho na investigação dum suposto feiticeiro, depois de uma descarga eletrica de uma trovoada ter atingido algumas cubatas.

Tudo leva a concluir que Benedict Daswa sempre viveu uma vida sentimonial e por ultimo se tornou um verdadeiro mártir da sua fé.

 

UMA ORAÇÃO DE INTERCESSÃO –

Amado Senhor,

Você sabe tudo sobre os meus numerosos problemas e preocupações e os meus grandes temores quando eu olha para o futuro. Eu recebo força e coragem da vida do seu servido Benedict. Eu acredito que ele agora está consigo no céu. Peço que ele se aproxime de Você para obter este favor especial……… (faça o seu pedido aqui)

Com aprovação eclesiástica 2010/02/02 \Aqueles que recebem graças ou favores através da intercessão de Benedict Daswasão convidados a informar Sr.Claudette Hiosan, OLSH. P.O. Box 261, Tzaneen, África do Sul 0850. E-mail: bendaswa@mweb.co.za